unico.facinter.br/download/Arquivos2009/orientacoes/PS15652/Conhecimentos_habilidades_e_atitudes_RAUSP_2009.pdf

unico.facinter.br/download/Arquivos2009/orientacoes/PS15652/Conhecimentos_habilidades_e_atitudes_RAUSP_2009.pdf.

Avaliação de competências requeridas aos trabalhadores da informação: análise da experiência com a seleção de alunos para programa de iniciação científica

Na pesquisa apresentada neste artigo, analisaram-se a disponibilidade e a eficácia de referenciais teóricos que corroboram a avaliação de competências requeridas aos trabalhadores da informação. As fontes, objeto da pesquisa, foram as que tratam de competências informacionais decompostas em conhecimentos, habilidades e atitudes requeridas. Para a validação dos referenciais teóricos, realizou-se uma pesquisa exploratória empregando o estudo de caso como procedimento técnico. Este, envolveu o desenvolvimento e a aplicação de um instrumento para análise de competências informacionais para o processo de avaliação e seleção de alunos candidatos ao programa de iniciação científica de uma instituição de ensino superior (IES). O experimento, conduzido por pesquisadores e docentes-pesquisadores da IES com interesse na seleção de alunos para iniciação científica, demonstrou a importância de referenciais teóricos que apresentam de forma decomposta as competências que se deseja avaliar. Essas fontes de informação foram muito úteis ao processo de discussão e fomento de idéias sobre conhecimentos, habilidades e atitudes a serem analisadas, com forte influência nos aspectos centrais a serem abordados, bem como na abrangência das questões do instrumento para a avaliação de competências requeridas aos trabalhadores da informação.

Palavras-chave: trabalhador da informação, competência, análise de competência, gestão por competência, avaliação de pessoas.

1. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

1.1. Trabalhador da informação e trabalhador do conhecimento

Os termos knowledge worker e information worker são empregados por Rybczynski (2007). Segundo ele, os primeiros caracterizam-se por apresentar Avaliação de competências requeridas aos trabalhadores da informação: análise da experiência com a seleção de alunos para programa de iniciação científica

Anúncios

Sobre José Ricardo Martins

Professor de Geoplítica no curso de Relações Internacionais da UNICURITIBA. Pesquisador do Núcleo de Pesquisas em Relações Internacionais (NEPRI) da UFPR; Mestre em Sociologia (área de concentração em Relações Internacionais/Integração Regional) pela UFPR; especialista latino-americano em Políticas Públicas e Avaliação de Educação Superior pela UNILA/UFPR; especialista em Geopolítica e Relações Internacionais pela UTP; MBA com ênfase em Marketing Internacional pela UCL – Université Catholique de Louvain, Bélgica; especialista em Comércio Exterior com ênfase em negociação internacional pelo Institut Cooremans, Bruxelas, Bélgica; licenciado em Filosofia pela Faculdade Bagozzi. Interessado em trabalhar com (e lecionar): relações internacionais, cooperação internacional, integração regional, internacionalização de entidades de ensino, organismos públicos, municípios e entidades da federação, geopolítica, estratégia e defesa nacional, negociação internacional e resolução de conflitos.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s